18/07/2019
Notícias Recentes

Sorriso supera expectativas da organização do programa “Saúde da mulher nas comunidades”

Huambo – A participação do projecto Sorriso, do programa “Saúde da mulher nas comunidades”, cuja primeira fase ocorreu entre 14 a 21 deste mês na vila comunal da Luvemba, município do Bailundo, 120 quilómetros da cidade do Huambo, superou as expectativas da organização do evento.

A confirmação é da coordenadora do programa, Alcina Sebastião, realçando que o projecto Sorriso deu outra dimensão aos serviços médicos prestados à população durante o programa.

Considerou positivo os resultados alcançados pelo projecto e encorajou os seus responsáveis a continuarem a desenvolver as acções de saúde bucal, principalmente nas comunidades rurais.

“Ficamos muito satisfeitos com a inclusão do projecto Sorriso no nosso programa. A julgar pela importância dos seus serviços, aliado aos resultados que atingiu, queremos contar com a equipa do projecto na 2ª fase a decorrer na Luvemba dentro de 45 dias”, enfatizou.

O projecto Sorriso enviou para o programa de saúde da mulher nas comunidades, promovido pelo Secretariado Nacional da Organização da Mulher Angolana (OMA, dois médicos estomatologistas, quatro técnicas promotoras de saúde bucal e uma técnica de estomatologia.

Estes, durante o programa, distribuíram gratuitamente 208 kits de saúde bucal, compostos por escovas e cremes dentais, realizaram palestras sobre higiene bucal, efectuaram 92 extracções dentais, duas restaurações de dentes (chumbar) e uma limpeza bucal.

A assistência aos pacientes foi feita na unidade móvel de atendimento estomatológico, que o governo provincial entregou em Fevereiro ao projecto.

Designada por clínica móvel, esta unidade de atendimento está instalada numa carrinha e equipada com meios sofisticados que permitem efectuar cirurgias de estomatologia, extracções dentárias e curativos a pacientes com patologias do fórum dentário.

O projecto Sorriso é um programa de saúde bucal do governo da província do Huambo e é executado pela Amosmid, empresa privada de gestão em saúde.

O programa de saúde da mulher nas comunidades levou para a Luvemba 15 médicos de várias especialidades e 30 enfermeiros que, durante sete dias, realizaram consultas grátis nas áreas de ginecologia, obstetrícia, pediatria, cardiologia, medicina interna, clínica geral e planeamento familiar, assim como desenvolver acções de saúde preventiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top